Correio da Manhã Homem com explosivos faz reféns em posto dos Correios na Ucrânia - Mundo - Correio da Manhã

Homem com explosivos faz Nove reféns libertados e raptor detido em posto dos Correios na Ucrânia - Mundo - Correio da Manhã

  • Homem com explosivos faz
  • estão
  • Um
  • com explosivos fez
  • este sábado
  • onze reféns num posto dos Correios em Kharkiv
  • Ucrânia
  • Segundo avança a agência
  • no local estão
  • presas com
  • homem que se barricou no interior
  • As mais recentes informações no local garantem que o homem
  • que ainda não foi identificado, está calmo e está em
  • O homem estará preocupado com a
  • fez quaisquer
  • Nove
  • libertados e raptor detido
  • estavam
  • As nove pessoas que estavam a ser mantidas como reféns por um
  • numa estação de correios na segunda maior cidade ucraniana, Kharkiv, foram todas libertadas ilesas e o sequestrador foi detido
  • anunciou a polícia. O chefe da polícia ucraniana
  • Serhiy Knyazev
  • disse que ninguém ficou ferido
  • sequência do incidente
  • A polícia não especificou se o homem barricado, que disse ter armas e explosivos, fez alguma exigência específica. O homem estaria armado com explosivos. Aagência
  • chegou a adiantar que estavam retidos
  • mas
  • número de vítimas foi depois corrigido para nove
  • Ao longo da tarde deste sábado
  • o sequestrador terá mantido
  • A ação terá siudo motivada pela
  • o sequestrador
  • se conhecem asr
  • que terá feito

Correio da Manhã Bloco de apartamentos arde no centro de Manchester - Mundo - Correio da Manhã

  • está a arder
  • lavra
  • ardeu tarde deste sábado
  • , que começou
  • piso, destruiu vários nos apartamentos a partir do nono
  • ,
  • Os bombeiros de Manchester anunciaram que a situação estava controlada por volta das 18h00 locais, a mesma hora em Portugal.
  • várias

Correio da Manhã Ano de 2017 é o segundo mais quente dos últimos 86 anos - Cm ao Minuto - Correio da Manhã

Ano de 2017 é o segundo ano mais quente dos últimos 86 anos - Cm ao Minuto - Correio da Manhã

  • Ano de
  • ano
  • Temperatura média foi 1.1 graus superior ao valor normal. Mais calor só em 1931.
  • . Também este ano, a temperatura máxima, cerca de mais 2.4 graus superior ao valor normal, será a mais alta desde 1931, ultrapassando em cerca de um grau o anterior máximo (1997). O IPMA destaca os valores de temperatura máxima e média do ar persistentemente acima do normal ao longo do ano, em especial nos meses de abril, maio, junho e outubro. O balanço climático preliminar indica também que o ano de 2017 foi "extremamente seco" e estará entre os quatro mais secos desde 1931, tendo todos ocorrido depois de 2000. Segundo o IPMA, o valor médio de precipitação total anual será cerca de 60% do normal. "O período de abril a dezembro, com anomalias mensais de precipitação persistentemente negativas, será o mais seco dos últimos 87 anos", lê-se no documento disponível na página da internet daquele organismo. O IPMA sublinha igualmente que dezembro será o nono mês consecutivo com valores de precipitação mensal inferiores ao normal e, em 2017, apenas nos meses de fevereiro e março a precipitação foi superior ao normal. O mesmo documento nota que, ao longo deste ano, a conjugação da persistência de valores de precipitação muito inferiores ao normal e de valores de temperatura muito acima do normal, em particular da temperatura máxima, teve como consequência "a ocorrência de valores altos de evapotranspiração e valores significativos de défice de humidade do solo". A 27 de dezembro, apesar dos valores de água no solo terem aumentado em relação ao final de novembro, são ainda inferiores a 40% nas regiões do interior centro e do sul do país, adianta o balanço, frisando, que no final de dezembro mantém-se a situação de seca meteorológica ainda que, em relação à situação a 30 de novembro, se tenha verificado uma diminuição da intensidade nas regiões do norte e centro. O IPMA precisa que nas regiões do interior centro e do sul os valores de precipitação foram muito inferiores ao normal e insuficientes para se verificar um efetivo desagravamento da intensidade da seca. De acordo com o índice meteorológico de seca -- PDSI, em dezembro verificou-se, relativamente a 30 de novembro, um desagravamento da intensidade da seca meteorológica, com cerca de 60% do território (regiões a sul do sistema montanhoso Montejunto-Estrela) nas classes de seca severa e extrema, refere ainda o documento

Correio da Manhã Dois assaltantes e três polícias feridos após assalto - Portugal - Correio da Manhã

  • . Os cinco feridos resultaram de um tiroteio
  • e três polícias
  • Telheiras
  • Em seguida, as
  • suspeitos pertenceriam a um gang
  • já seriam procurados pelas autoridades
  • Os polícias feridos tiveram
  • receber assistência médica
  • e perseguição só terminou em Queluz
  • Três polícias também ficaram com ferimentos na abordagem aos suspeitos: a viatura em que os ladrões seguiam chocou com a carrinha das autoridades.
  • pelas 14h50
  • com recurso a arma de fogo
  • Carnide
  • a soco e pontapé
  • As
  • depois
  • roubado
  • polícias não foram baleados
  • ficaram feridos no embate das viaturas
  • Foi apreendido o produto do roubo e uma arma
  • fogo
  • . A Direção Nacional da PSP afirma, em comunicado, que os suspeitos já tinham antecedentes criminais. "Os indícios recolhidos [...] apontam para que grupo detido seja o eventual responsável por assaltos a ATMs, carrinhas de transporte de valores e estações dos CTT", pode ler-se

Dois assaltantes e três polícias feridos após assalto em Lisboa - Portugal - Correio da Manhã

  • Carrinha de valores foi assaltada
  • e perseguição
  • Perseguição
  • PSP realiza buscas em Carnaxide e Sintra.
  • Depois da detenção dos suspeitos, a PSP esteve a fazer buscas em habitações no bairro da Portela, em Carnaxide e em Casal de Cambra, Sintra, que estarão relacionadas com este gang, nomeadamente com o assalto ao balcão dos CTT de Alfragide, ocorrido na semana passada e que terá sido levado a cabo pelo mesmo grupo. "Confirmamos que estão a ser realizadas buscas no concelho de Oeiras relacionadas com o caso. As buscas estão a decorrer no bairro da Portela, perto da zona comercial do Alegro de Alfragide, mas não estão relacionadas com o procurar mais pessoas. O objetivo é procurar elementos probatórios no âmbito da investigação", disse à Lusa fonte da PSP. A equipa da PSP começou a desmobilizar dos locais pelas 23h00.
  • , nos Cuidados Intensivos
  • . Ministro da Administração Interna elogia atuação da PSP O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, afirmou hoje que a resposta da PSP a um assalto a uma carrinha de transporte de valores foi "bem-sucedida", deixando elogios ao empenho das forças de segurança no combate à criminalidade. "Houve uma operação da PSP que foi uma operação bem-sucedida, na medida em que permitiu intercetar um conjunto de elementos, no âmbito daquilo que são medidas de prevenção e repressão aos fenómenos ligados à violência junto dos ATM e veículos de transportes de valores", disse o ministro, durante a presença numa operação da GNR no Montijo
  • Em atualização
  • PSP trava assaltantes a tiro
  • Atualização: Permanece nos cuidados intensivos suspeito de assalto a carrinha de valores Um dos suspeitos de assalto a uma carrinha de transporte de valores que ficou ferido na sexta-feira permanece hoje de manhã na unidade de cuidados intensivos do Hospital São Francisco Xavier em Lisboa, segundo fonte hospitalar. Fonte oficial do gabinete de comunicação do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental (CHLO), integrado pelo São Francisco Xavier, adiantou à Lusa que hoje pelas 10:30 o ferido ainda se encontrava na unidade de cuidados intensivos. Este ferido é um dos três suspeitos detidos durante a perseguição policial após assalto a uma carrinha de valores na sexta-feira em Lisboa. Dos três detidos, dois ficaram feridos, mas um deles já teve alta. A operação resultou ainda em ferimentos em três polícias. Fonte policial disse na sexta-feira à Lusa que o ferido no São Francisco Xavier se encontra em "estado reservado". A PSP realizou na noite de sexta-feira buscas num bairro do concelho de Oeiras e em Sintra relacionadas com o assalto a uma carrinha de transporte de valores. As buscas foram realizadas no bairro da Portela, em Oeiras, e em Casal de Cambra, Sintra. "Na sequência do assalto, [os suspeitos] colocaram-se em fuga em viatura roubada e foram intercetados por agentes da PSP na zona de Queluz de Baixo, Oeiras. Aquando da detenção, à qual resistiram, houve necessidade de recurso a arma de fogo pela PSP. Na sequência da intervenção policial, registaram-se cinco feridos, três dos quais polícias, sendo todos encaminhados para tratamento hospitalar. Foi apreendido o produto do roubo e uma arma de fogo", relata a Direção Nacional da PSP, em comunicado divulgado. No momento em que a viatura dos três suspeitos foi intercetada em Queluz de Baixo, concelho de Oeiras, os homens abalroaram a viatura policial, provocando ferimentos em três polícias, que tiveram de ser levados para o hospital. Os três homens terão assaltado uma carrinha de valores na zona de Carnide, em Lisboa, um pouco antes das 15:00, com recurso a uma arma de fogo (revólver), tendo agredido um dos seguranças da carrinha de valores "a soco e pontapé, provocando-lhe diversos ferimentos", segundo a polícia.

Correio da Manhã Marcelo entre os arguidos no escândalo de corrupção do Rio Ave - Desporto - Correio da Manhã

Cássio, Roderick Miranda e Marcelo entre os arguidos no escândalo de corrupção do Rio Ave - Desporto - Correio da Manhã

  • de corrupção
  • Marcelo
  • defesa-central brasileiro de 28 anos que estará perto de reforçar o Sporting, é um
  • Cássio, Roderick Miranda e
  • Marcelo
  • Cássio
  • Roderick Miranda e Marcelo são três
  • O defesa-central Marcelo está a ser cobiçado pelo Sporting. A SIC avança que o quarto futebolista envolvido no escândalo é Nadjack. O brasileiro Cássio, de 37 anos, está a cumprir a sua quarta época no Rio Ave, e foi "totalista" nas 15 jornadas já disputadas esta época na I Liga, enquanto o seu compatriota Marcelo, de 28 anos, habitual titular desde 2012, já fez 14 jogos neste campeonato. Nadjak, guineense de 23 anos, está no Rio Ave desde a temporada passada, enquanto o português Roderick Miranda fez parte dos quadros do clube vila-condense entre 2013 e 2017, antes de se mudar no início da época para os "Wolves".